Action Hiken, volume 21

Avaliado como 5.00 de 5, com baseado em 1 avaliação de cliente
(1 avaliação de cliente)

R$15,00

Frete Grátis! 

 

188 páginas

Preto e Branco

Miolo: Papel Offset 90g

Capa: Papel Cartão Plastificado

Brochura, costurado e colado

Descrição

Antologia de mangás nacionais publicada originalmente online. Novas edições todo mês!

 

Mês
Julho/2017
Capa
Demon Hunters [Diogo Cidades]
Séries
1 – Demon Hunters #01 – Diogo Cidades [ESTRÉIA]
2 – Hooligan #10 – Jayson Santos
3 – Two-Sided #15 – Jazi Almeida
4 – Age of Guardian #13 – Ingrid Oliveira
5 – Final Spark #05 – Mailson Ferreira
6 – Talento FC #07 – Lucas Gesse
7 – Máscaras da Humanidade #04 – Gabriel e Allan

1 avaliação para Action Hiken, volume 21

  1. Avaliação 5 de 5

    Caliel Alves

    Revista Action Hiken ed. #21 – TOC do mês de julho 2017

    Caçando aventuras

    Capa [Demon Hunters, Estreia]
    Demon Hunters – Cap.01 – [Estreia] – Diogo Cidades
    Hooligan – Cap.10 – Jayson Santos
    Two Sided – Cap.15 – Jazi Almeida
    Age of Guardian – Cap.13 – Ingrid Oliveira
    Final Spark – Cap.05 – Mailson Ferreira
    Talento FC – Cap.07 – Lucas Gesse
    Máscaras da Humanidade – Cap.04 – arte Gabriel Silva, roteiro Allan D. Fox

    Grande estreia na RAH. Mais uma aquisição positiva da revista. O Diogo Cidades parece ser português, nunca vi algum brasileiro escrever de maneira tão formal, fica até engraçado de ler. Traço muito legal e caricaturesco, dá para pegar as referências no ar. Com certeza dá pra se tornar um pilar dentro da revista sem dúvida e entrar no mesmo rol que Hooligan e Age of Guardian. Estou torcendo pelo autor. Demon Hunters é uma obra sensacional, ambientado num mundo de fantasia onde um jovem chamado Mike salva a linda May de um demônio, eu adorei a narrativa e os personagens carismáticos. Gostei muito das páginas coloridas.
    Mais uma vez o Jayson Santos entrega um ótimo capítulo. Não à toa o título ganha tantas capas e primeiros lugares! Rest tá num mato sem cachorro, a usina de força do grupo, Sasha, tá nas mãos de Garnet. A juíza é poderosíssima, usando sua agilidade e o chicote, ela derruba o Riot facilmente. Pra piora, o Riot usa uma técnica pouco convencional para um protagonista shonen! Realmente, só esperando o desenrolar dos fatos, nada mais tenho a declarar.
    Two Sided toma rumos inesperados nessa edição. Eyota, o curumim comanche e Yui, o kanetsuro, lutam no intuito de vencer o desafio. Entretanto, Nobu interfere prevendo um final terrível ou que Yui se descontrole no meio da luta. Lembrando que a história se passa num mundo alternativo com elementos do nosso, resta saber como se divide a geopolítica desse universo do Jazi Almeida.
    AOG volta com um dos seus melhores capítulos, com página colorida e tudo mais. Pelo que entendi o Ookami serial killer está atacando os Black Diamonds, porque motivo? O trio Hana, Anne e seu irmão estão investigando alguns armazéns onde o tal assassino foi visto pela última vez. A transformação dos Hinowashi os deixam iguais a anjos, eu adorei. Mais uma pitada do passado da Hana e mais tensão, quem seria o Ookami desaparecido?
    Mailson Ferreira continua mostrando o trio de protagonistas tentando chegar a Rukon, e pegam um perigoso atalho. Dentro da caverna, eles encontram uma garota sendo atacada por um monstro, interessante como um lugar tão perigoso consiga atrair tantas pessoas! Parece que finalmente o Kazui vai entrar em ação, de onde surgiu aquela fada?
    TFC está se despedindo, todas as peças estão postas no campo, agora resta saber como o plano de Leno vai dar certo e se o cartola vai se dar mal, volto a repetir, história cômica que tenta ser séria e acaba como uma tragicomédia.
    Mais uma vez me decepciono com o Gabriel Silva e dessa vez nem é culpa dele, a arte do mangá está boa, o problema é o roteiro mesmo, nem dá gosto de ler. A história é confusa e nada tem a dizer, nem gera terror e nem provoca suspense… produz tédio.

Adicionar uma avaliação

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *